Não há nada como o brilho de cordas novas em um bom instrumento. O problema é que, caso você não saiba como afinar seu instrumento corretamente – e mantê-lo afinado – seu primeiro acorde em uma apresentação pode expulsar a plateia. Veja como não correr esse risco

Mesmo que você tenha instalado as cordas corretamente, cordas novas tendem a perder a afinação após pouco tempo tocando. Para evitar intermináveis ajustes na afinação, a primeira coisa que você deve fazer é puxar cada corda próximo à região dos captadores para eliminar eventuais folgas no capotraste, na ponte e/ou nas tarraxas. Porém, tenha cuidado ao esticar suas cordas: puxar muito forte pode causar danos aos enrolamentos. A seguir, pressione levemente suas cordas atrás do capotraste e da ponte. Quando você fizer um bend agressivo e a afinação permanecer estável, a corda estará pronta para você afiná-la com mais precisão.

Alguns músicos utilizam “afinação relativa”, ou seja, utilizam a afinação de uma corda como referência para afinas as demais, mesmo que a referência não esteja na afinação correta para a corda. Porém, ao tocar com outros músicos, será preciso afinar o instrumento corretamente. Para isso, é preciso utilizar algum tipo de afinador, de preferência um bom afinador eletrônico.

Sempre comece afinando a corda mais grave, lembrando sempre de começar com afinação baixa e ir subindo até chegar à afinação desejada. Se você passar da afinação, volte para uma afinação abaixo da desejada e comece novamente. Faça isso em todas as cordas. Quando achar que seu instrumento está afinado, confira as oitavas tocando as mesmas notas em lugares diferentes do braço. Para finalizar, toque acordes abertos para ouvir eventuais desafinações.

Se sua guitarra possui ponte móvel, do tipo Floyd Rose, tente um método um pouco diferente, para evitar que ao afinar uma corda as demais desafinem. Comece afinando a corda mais grave e depois vá para a seguinte. Antes de passar para a terceira, confira a afinação da primeira e, em seguida da segunda. Repita esse processo até a última corda. Guitarristas que utilizam esse tipo de ponte devem ter certeza de que os mini-tuners (fine-tuners) têm sobra em ambos os lados para ajuste subsequente e também de que as travas do capotraste estejam apertadas.

Finalmente, quando você está tocando ao vivo, é interessante deixar seu instrumento no palco por um período antes da apresentação e conferir a afinação antes de começar a tocar. Isso porque o calor gerado pelas luzes do palco pode afetar a afinação. Se depois de tudo isso você ainda tiver problemas para afinar seu instrumento com precisão, pode ser que você tenha algum problema com o ajuste de oitavas de seu instrumento.